Novas formas de aprendizagem em tempos de Pandemia

29/04/2020

Todos sabem que os avanços tecnológicos possibilitam incríveis mudanças na vida das pessoas. Afinal, a tecnologia traz benefícios nas mais diversas áreas, como no trabalho e no cotidiano, e é claro que com a educação não poderia ser diferente. O ensino à distância é um exemplo de sucesso no uso das tecnologias para garantir aprendizagem longe das salas de aulas.

Com o avanço da COVID 19, as Universidades e Escolas suspenderam as aulas presenciais como medida de controle da pandemia. Após os ajustes necessários, criou-se uma nova rotina, a dos estudos em casa para mais de um bilhão de estudantes em 115 países- com a utilização da tecnologia e das aulas à distância. 

O confinamento preventivo em casa, para não se infectar e não ajudar a propagar o novo coronavírus, criou um ponto de inflexão na trajetória do ensino no Brasil. Em 18 de março, o Ministério da Educação autorizou “em caráter excepcional” a substituição de aulas presenciais por aulas do modelo educação a distânica (EAD) que utilizem tecnologia de informação e comunicação remota em cursos que estavam em andamento.

Segundo a coordenadora do curso de Pedagogia da EAD Unicesumar, Marcia Maria Previato de Souza, a tecnologia pode ser sim, uma grande aliada para as atividades educacionais, e precisa ser bem acompanhada pelos pais. “Cabe a eles a tarefa de auxiliar, motivar e incentivar as crianças nas atividades direcionadas pela escola”, explica.

Além do envolvimento de crianças e adolescentes no contexto da aprendizagem à distância, há uma crescente procura de qualificação por adultos que querem aproveitar ao máximo o tempo em casa. O método tem se mostrado como uma excelente alternativa de capacitação, gerando um incremento significativo na oferta cursos de EAD.

Para o Diretor do Pólo de Nova Petrópolis da UNICESUMAR, Hilton Nienow, o momento requer adaptações e mudanças de comportamento. Uma delas é a forma de se qualificar. “Temos percebido uma procura mais acentuada nos últimos meses. “Acreditamos que esse é o momento de se qualificar, para sair mais preparado dessa fase. No modelo EaD o aluno tem condições plenas de fazer sua tão sonhada graduação sem sair de casa”.

Compartilhe esta notícia:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Em breve