Comissão cria sala de acolhimento a vítimas de violência para escuta e proteção

15/09/2021

A violência doméstica, contra a mulher, contra crianças e pessoas em situação de vulnerabilidade é uma questão global e um problema de saúde pública que atinge todas as classes sociais e diferentes níveis de formação cultural, educacional, religiosa e profissional.

Em meio à pandemia, com mais homens e mulheres dentro de casa, o número de agressões aumentou significativamente. A ideia de que nossa casa é um local seguro e acolhedor nem sempre é uma realidade para as famílias brasileiras. Muitos dividem o espaço com seu agressor e vivem anos em clima de tensão e medo.  

E a violência não se restringe à agressão física. Qualquer ação que cause dano emocional e diminuição da autoestima; prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento da mulher; ou vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões são consideradas violência.

Em Nova Petrópolis, a realidade não é diferente, e precisa ser combatida e denunciada. Por isso, para poder receber vitimas da violência com discrição foi idealizado um espaço reservado para escuta e proteção, que funcionará numa antessala da Delegacia de Polícia.

A Comissão da Sala de Acolhimento é formada pela Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis- ACINP, Departamento da Mulher da entidade, Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, Secretaria de Saúde e Assistência Social- coordenadoria da mulher, Câmara de Vereadores, Policia Civil, CONSEPRO, Sicredi e OAB Nova Petrópolis.

O projeto é do arquiteto Fabio Spier e não lembra um ambiente de delegacia, para que a vítima não fique aguardando no mesmo local onde as outras ocorrências são registradas, e não fique perto do agressor. O objetivo é incentivar a denúncia para quebrar esse ciclo de violência que atinge várias famílias.

Para tirar o projeto do papel, foi lançada nesta quarta-feira (15.09) uma campanha em busca de doações espontâneas da comunidade em uma conta aberta no CONSEPRO exclusiva para esse fim. O valor arrecadado será investido em mobiliário, mão de obra, entre outros.

O encontro de apresentação do espaço contou com a presença da integrante da Diretoria da ACINP, Christine Hesse Gross, representando o Presidente Marcos Alexandre Streck, do Prefeito Municipal, Darlei Jorge Wolf, do vice-Prefeito Martim Wissmann, do Deputado Estadual Elton Weber, do Presidente da Câmara de Vereadores, Daniel Michaelsen, da vereadora Lilian Perufo e da imprensa local, além dos integrantes da comissão.

Para doar basta transferir qualquer valor para conta da CONSEPRO, na Sicredi Pioneira: Agência 0101, número 15910-5 até o dia 15 de novembro. Mais informações ou caso alguém queira fazer outros tipos de doações pelo telefone: (54) 3281-1378/ 3281-3833 com Dirleia ou Delegado Fábio.

Compartilhe esta notícia:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Em breve